Burocratização 5Diante dos recentes acontecimentos no País cabe a reflexão profunda sobre os princípios e valores que deveriam nortear a Sociedade que deseja evoluir. A corrupção e a burocracia se transformaram em “câncer” em todos os setores e estão minando as possibilidades de recuperação para o funcionamento não apenas da economia, mas também da estabilidade e confiança nas relações entre pessoas e instituições. Quando a doença é grave, os remédios são “amargos” e parece que é chegado o momento de avaliarmos a adoção de um “choque de gestão” em todas as esferas para a desconstrução do Sistema “contaminado”. As mudanças efetivas ocorrem de dentro para fora e para tanto são necessárias reciclagens na forma de PENSAR, SENTIR E AGIR. A construção do novo caminho exigirá exemplarismo e dedicação diuturna dos cidadãos lúcidos e conscientes para promover atitudes morais e éticas. Especialmente para a nova geração, os futuros gestores em todos os níveis da Nação. A ética deverá ser o pilar central para a lapidação necessária. Quando Schumpeter desenvolveu a teoria da inovação e do empreendedorismo cunhou o termo “Destruição Criadora”, argumentando que não haveria inovação ou o novo sem a destruição do antigo ou tradicional. Assim, podemos fazer uma analogia de que não poderemos criar nova Sociedade sem destruir velhos hábitos e atitudes. É necessário promover a “Ética Destrutiva”, reciclando valores e comportamentos considerados éticos, porém incoerentes entre o que se diz e o que se faz. A transparência das ações e o sobrepairamento ético para avaliar com equilíbrio e bom senso qual o melhor caminho, são pontos fundamentais para a transformação desejada. Porém, exige esforço e capacidade de “abrir mão” de teorias, conceitos e atitudes que não correspondem mais nas sociedades ditas modernas com objetivos evolutivos, rumo a igualdade de direitos e respeito ao ser humano. A responsabilidade aumenta à medida que nos posicionamos com autenticidade na busca do desenvolvimento gradual, conscientes das adversidades a serem enfrentadas e dos desafios na busca de novos patamares evolutivos com maior justiça social.

 

AUTOCONHECIMENTO TRANSFORMA SOCIEDADADES.

 

MSc Adelino Denk

adelino@amcconsult.com.br

9986 7214

CRA 1766