Burocratização 4A burocracia está minando o desenvolvimento econômico de cidades, regiões e até países e por consequência gera desmotivações pessoais e profissionais para a evolução necessária. Apresentamos mais crenças que se tornam mitos Burocratizantes: 7) Treinamento de liderança transformará todos em líderes eficazes. Programas gerenciais ou treinamentos de líderes são essenciais, porém treinamentos formais não transformam realidades. Não há como partir do pressuposto que é possível transformar pessoas para modelos ideais. Há muita conversa e muitos procedimentos no aspecto teórico e pouca ação prática para simplificar processos a partir da liderança. Ou seja, os líderes devem estar preparados para fazer e apoiar na transformação dos ambientes, considerando a dificuldade da mudança do ser humano para assumir novos paradigmas. Do contrário, cresce o clima de desconfiança e descrença, como evidenciamos nas mais diversas esferas, pois a burocracia tem crescido e o combate é insuficiente para gerar motivação. 8) Acreditar que todos resistem à mudança. Há dificuldade com a mudança, porém não podemos partir da hipótese que todos resistem à mudança. Assim, não haveria desenvolvimento. As resistências aumentam quando as pessoas se sentem ameaçadas ou tem receio das consequências. Desta forma, os burocratas se apegam ao medo da maioria para justificar a manutenção de procedimentos arcaicos e inibidores, temendo perder o controle. Portanto, o receio maior é de quem está no controle. É necessário estimular mudanças produtivas, desafiando a criatividade e inovação. Há oportunidades de simplificar e melhorar com as mudanças, gerando motivação e comprometimento de todos. O essencial é agregar valor, diminuindo as incertezas e inseguranças. Líderes desburocratizantes desafiam e estimulam novas ideias, descomplicando o processo e aumentando a eficiência. 9) O desenvolvimento advém de estruturas formais. O continuísmo e falsa sensação de estabilidade pode levar ao obsoletismo. A inovação permite o desenvolvimento de novas experiências, onde há espaço para a flexibilidade e renovação. Agindo sempre da mesma maneira e através das mesmas estruturas formais que induzem a repetição burocrática, teremos os mesmos resultados inócuos. Para obter respostas diferentes é necessário agir de forma diferente e com modelos estruturais diferenciados. Exige coragem e discernimento.

MSc Adelino Denk

adelino@amcconsult.com.br

9986 7214

CRA 1766